0

Eu sei como isso é



Foste levar o teu filho à escola nova e ficaste nervosa, não foi? 
A integração dos miúdos pode ser para os pais, uma experiência verdadeiramente angustiante, eu sei. É tudo novo, das rotinas às experiências, e quando não depende só deles, nem de nós, complica mais um pouco. 
Reparaste nos meninos que compõe a turma, e na velocidade com que saltam da cadeira quer vão afiar o lápis, ou vão simplesmente brincar para o recreio? 
Observaste a professora, da velha guarda, e sentiste-a pouco flexível ao desafio que lhe trazes? Ou por outro lado, por ser tão novita, achaste-a pouco preparada para tudo o que aí vem? 
Percorreste os corredores do edifício e também te pareceram intermináveis? Mediste com os olhos a altura da mesa, talvez baixa de mais, ou o tamanho do encosto da cadeira, provavelmente pouco adaptado? 
As portas, são largas o suficiente para as tuas expectativas? 
Também te perguntaste porque é que a biblioteca teima sempre em ficar no cimo de uma escadaria? 
Incomodou-te o desnível do piso da entrada do refeitório? E aqueles dois degraus que antecedem a porta da frente da escola, achaste-os verdadeiras barreiras arquitetónicas? 
Tiveste dificuldade em conciliar os horários escolares com os vossos extra curriculares (aqueles a que chamas terapias)? Eu também...