0

A Arte em nós



A arte é tudo aquilo que nós somos. A intuição dá-nos o caminho certo para as coisas. A nossa essência é para a vida TODA! E essa, ninguém nos vai tirar.

Onde me inspiro? Sem dúvida no amor, na verdade, na natureza, no som do mar, na plenitude, no harmonizar da minha casa que tento manter, na minha família.
Estou a tentar realizar os rituais que criei para o meu dia-a-dia, que me possibilitam e me ajudam a fazer mudanças interiores, passa pela Meditação e Yoga matinal em casa; tirar à sorte uma afirmação positiva para esse dia (31 days of afirmations- grateful mornings); ter uma alimentação saudável e consciente; não auto-julgar e sorrir mais; acreditar e confiar.

A criatividade é algo que tenho que por cá para fora, quando isso não acontece parece que vou “apagando” ”morrendo” por dentro.
A vida não é para ser um sacrifício. É para ser honrada, liberto-me de crenças e cada vez mais consciente de quem sou. Sempre em construção e crescimento. Há muitos caminhos a percorrer e mudar, mas terei que ter o bom-senso de aguardar.

Ouço muito atenta o meu coração, a minha inquietude, a minha voz interior e faço para acreditar que estou rodeada das pessoas certas nem que sejam 4 ou 5, 10 ou 15, são as que tiverem que ser, se com isso eu me sinta bem.

O Yoga foi e é para mim um puxar-me à terra, um enraizar {das minhas raízes}, um “pára agora e escuta-te” e uma conexão total comigo, peco em ainda não conseguir disciplinar-me e tornar isso rotina, mas não me poderei condenar, julgar, aceito e com calma retomarei.

Mulheres, mães, pessoas que me lêem, gostava tanto mas tanto de saber como vocês artistas, criativos (porque nós somos) fazem para manter a inspiração, para manter o equilíbrio nas coisas, para se focarem.

Artigo originalmente publicado insta mae_mulher_yoga