0

Nova Conceção de Infância



Há dias o meu filho D. com 9 anos durante uma conversa antes de adormecer partilhou algo comigo que me deixou pensativa e bastante reflexiva sobre a nova conceção de infância (assim lhe chamo eu…). O D. sempre gostou de brincar com legos, Playmobil e agora por ter ido ao cinema no verão ver o filme “Carros 3”, descobriu que afinal havia uma caixa cheia de carros cá em casa! Como qualquer outra criança da sua idade também gosta de jogar videojogos, de ver vídeos no youtube e de se deliciar com programas de pré-adolescente. No entanto, tentamos dosear o tempo que dedica às novas tecnologias (mais eu do que o pai!!!). 

Voltando ao início, há dias disse-me o seguinte:
- Mãe eu acho que sou muito infantil para a minha idade.
Eu fiquei perplexa com tal afirmação… Questionei o porquê do que me estava a dizer e eis que ele me diz:
- Mãe os meninos da minha idade lá na escola já não brincam com brinquedos como eu.
Agora questiono eu…será normal crianças com 8/9 anos já não brincarem? Levarem telemóvel para a escola e passarem os intervalos a fazerem filmes? Crianças desta idade com contas no facebook e youtube?
Onde está a infância? Se as crianças não brincarem agora quando o irão fazer?

Bem sei que a nossa sociedade atual depende das novas tecnologias e sou a favor de que as crianças disponham de ferramentas que lhe permitam estar informatizadas, contudo penso que esta questão merece reflexão…não estaremos a saltar uma fase do desenvolvimento tão importante para a construção da personalidade?

E vocês o que acham?