0

Coisas que não nos avisam antes de sermos mães



Os filhos ocupam espaço! – Estes seres pequeninos ocupam mesmo muito espaço. E vai ser uma luta diária, encaixar as coisas lá em casa como se de legos se tratassem, só para que eles tenham “espaço”!

Eles não querem estar sossegados! NUNCA – Aquelas imagens deles sossegados a ver desenhos, ou a brincar de forma calma, silenciosa e ordeira simplesmente não existe!

Vais odiar o Inverno! – Profundamente. Não só porque eles ficam mais vezes doentes no Inverno mas vais ter mais dificuldade em levá-los à rua (por estar a chover por exemplo) e aos parques e afins para que eles possam extravasar, gritar e largar um pouco da tanta energia que têm acumulada!

Nunca mais vais ter a casa arrumada! – Isto é um facto. Não vale a pena andares sempre em modo escrava Isaura atrás deles a apanhar as coisas do chão  porque mais vão aparecer… é um trabalho que nunca acaba!

Nunca mais vais saber o que é “Não ter nada para fazer” – porque vai haver sempre qualquer coisa… SEMPRE!

Toda a gente vai opinar sobre o crescimento e a educação do teu filho. – É chato, irritante e inevitável. Toda a gente se acha no direito de dizer que o teu filho está grande/pequeno/gordo/magro, que já devia saber isto ou aquilo, e já devia fazer determinada gracinha ou proeza… Sorri e acena… não há nada a fazer!

Toda a gente vai reparar e comentar a tua recuperação da forma física no pós parto. – Seja ela boa ou má, não porquê, mas algo impele as pessoas a dizer que estás bem/que tens tempo/ que estás mais magra/ Já tiveste melhor… É só pediatras e nutricionistas por todó o lado (ler com entoação brejeira.)

Vais querer ser uma mãe fitness, biológica e mindfullness e diferente de todas as outras até acabares por desistir, ou espetares com uma bolacha de baunilha no puto nem que seja para acabar com a gritaria lá em casa. – Dá trabalho… muito… resiste, porque os frutos compensam.

Vais estar sempre muito mais cansada! – É incrível como achavas a tua vida cheia, cansativa e stressante antes e acrescentaste-lhe muito mais coisas para fazer. É normal que andes sempre muito mais cansada… sempre!

Vais comprar muito menos coisas para ti e gastar muito mais dinheiro. – Porque vais comprar coisas para ele. Porque precisa, porque vai gostar, porque TU, vais gostar, porque queres. É um impulso natural.

Ter filhos sai caro! Muito caro! – Ainda que o estado ache que não, ter filhos custa uma pequena fortuna. Mesmo que não sejas esbanjadora em coisas que não fazem falta, e que andes à caça das promoções, só  fraldas, toalhitas, creme e farmácia, vais gastar uma enorme fortuna… mas faz parte!

Vais perceber mais a tua mãe.  – Vais compreender coisas que até então não faziam sentido, vais ver tudo de outra forma.

Vais perceber menos a tua mãe – Há outras coisas que vais ter ainda mais dificuldade em entender, mas não stresses com isso. Ela é humana como tu, e se tu achas que erras, ela também errou, mas apenas deu o seu melhor, tal como tu. 

Artigo adaptado de seilaeusermae.blogspot.com