0

À UCERN do HOSPITAL DE SANTA MARIA


A maternidade tem coisas maravilhosas e noites em branco, sustos e sobressaltos.
Mas disso todas nós já sabemos.
Já passei, enquanto mãe por vários sobressaltos e sustos, medos e preocupações, mas hoje vou escrever para agradecer à UCERN (unidade de cuidados especiais de recém-nascidos) do Hospital de Santa Maria, por todo o carinho, apoio e cuidados connosco.
Passei pela UCERN duas vezes, com duas filhas pelos mesmos sintomas, mas causas diferentes.
Nada de grave, mas o suficiente para deixar uma recém-mamã (que se encontrava com um enorme turbilhão hormonal) desamparada.

Um desamparo que tentei engolir enquanto permaneci internada, mas que rebentou quando chegamos a casa apenas os dois e olhei para o berço vazio ao lado da nossa cama.
Um desamparo acolhido por toda uma equipa de médicos e enfermeiros que sempre estiveram atentos não só à  saúde das nossas filhas, como as nossas dúvidas, incertezas e receios.
Uma equipa que nos conseguiu tranquilizar ao longo dos dias que lá passamos.
Não estivemos muito tempo, comparado com outros pais com quem nos cruzávamos e com quem partilhávamos receios. Pais que receberam diagnósticos e prognósticos bem mais graves que nós.

Hoje quero agradecer.
Muito obrigada a todos.