0

Como distrair os miúdos nas viagens de carro

O calor já chegou e as férias estão quase aí.
Com as férias chegam as viagens que para quem tem crianças implica uma dose de imaginação e paciência. 
As horas que passamos no carro, passamos muitas vezes a ouvir "mãe falta muito?", "já chegamos?", "quanto tempo falta?", "que horas são?". E nós passamos a viagem a responder a estas e outras perguntas até que a imaginação e paciência permitam.

Muitas vezes optamos por levar brinquedos e tablets para que eles, os mais pequenos, se possam distrair e largar a nossa cabeça com questões repetitivas e intermináveis.

s cá por casa, quando vamos de viagem, seja ela grande ou pequena, levamos brinquedos, mas passamos parte do tempo a jogar ou a conversar. 
Ao longo dos anos fomos inventando jogos, não só nós os pais, mas elas também. Jogos simples, mas que permitem que se distraiam durante as viagens e acabamos sempre por transformar o tempo da viagem em momentos de aprendizagem e brincadeira em família.
A C. pequenina ainda não consegue acompanhar os nossos jogos, mas já vai se habituando. 
Temos vários jogos, que não necessitam de nada, a não ser de conhecimento.

O jogo dos animais
Este foi inventado pelas C's à vários anos. Um jogo muito simples, que implica à vez, um jogador pensar num animal e os restantes têm que adivinhar. Como dica inicial apenas sabemos onde "vive" o animal, se no mar, no ar, na quinta, na floresta, no campo, no deserto ou na selva. Caso seja muito difícil podemos pedir uma característica desse animal. Quem acertar no animal ganha e fica com a vez de jogar e pensar num novo animal.

O jogo das Matrículas
Este é um jogo com diversos graus de dificuldade.  
Temos a versão das letras. É a mais simples. Por cada matrícula que virmos temos que dizer palavras que comecem pela primeira letra da matrícula. As C's já cresceram e nós já aumentamos o nível de dificuldade, agora temos que dizer palavras que tenham as duas letras da matrícula, por exemplo, uma matrícula 12-34-AB, poderíamos dizer “abrir” ou “bicicleta”, ou seja, temos a opção das duas letras fazerem parte da palavra de forma aleatória (bicicleta) ou a palavra ter que ter a ordem em que aparece na matrícula (abrir).
Mas também temos a versão dos números. Começamos quando as C's eram pequenas com o mais simples, somar os dois primeiros números, na matrícula 12-34-AB, teríamos que somar o 1 com o 2. Elas foram crescendo e fomos aumentando a dificuldade, somar os dois números da matrícula, o 12 com o 34.  
E como o tempo não para, os níveis de dificuldade também não. Das somas passamos às subtrações e depois multiplicações.

Jogo dos países
Outro jogo que fazemos muitas vezes é o tradicional jogo dos países, mas sem papel nem caneta. Aproveitamos as matrículas dos carros com que nos cruzamos e dizemos nomes, países, cidades, animais, cores, comida e objectos. 

Olhar para fora
Outra forma de as entreter é descrever o que estão a ver pelo caminho, permitindo imensa conversa e conhecimento, por exemplo, que árvores são as que estão a ver, que frutos dão as oliveiras, o que se faz com as azeitonas... Imensas questões surgem e o tempo, esse passa sem darmos conta.
Estas são apenas ideias do que fazer para entreter as crianças nas viagens. Funciona connosco e as C's adoram. 
Acaba por ser uma forma de passar o tempo, jogando e aprendendo.
Espero que gostem das ideias!