0

Decoração Infantil | Método Montessori

Há uns dias publiquei uma imagem de um quarto no instagram onde a estrela da decoração era uma cama quase rente ao chão (podem aceder à imagem aqui). Esta imagem suscitou muita curiosidade, até porque algumas mães se questionaram sobre o porquê de colocar uma cama tão perto do chão (deviam pensar que eu não estava no meu mais perfeito juízo!). Pois bem, passo a explicar: este tipo de decoração remete para um método que é o Método Montessori, conhecem? 

Maria Montessori foi uma médica e pedagoga do século XIX e é mundialmente conhecida pelo método que criou que privilegia a aprendizagem da criança através da descoberta. O papel do adulto ou educador será dar-lhe as ferramentas necessárias para estimular a criança de modo a conseguir desenvolver-se física e psicologicamente. Dá-se, assim, ênfase à liberdade (com limites), autonomia e criatividade, defendendo e respeitando o ritmo e evolução de cada criança. O professor funciona como mero facilitador da aprendizagem não ditando nem impondo o que é vai sendo apreendido pela criança. Estes são, em traços gerais, os princípios deste método. Em termos educativos, claro que muito mais há a dizer.     

Este método tem sido muito estudado ao longo dos anos e existem, atualmente, muitas escolas (mais no estrangeiro) que se baseiam nestes princípios. Este método foi também importado na decoração, de forma a que todo o quarto esteja organizado de modo a fornecer ferramentas que potenciem o desenvolvimento e bem estar da criança que nela brinca e dorme. O quarto é pensado na óptica da criança e não na óptica do adulto e é indicado para crianças entre 1 ano e meio e os 5 anos. Assim, um quarto montessoriano deverá ter: 

♥ uma cama perto do chão, para que a criança consiga entrar e sair sem a ajuda de um adulto 

♥ uma separação visível dos espaços (dormir, brincar, leitura) 

♥ um armário cujo varão da roupa também deverá estar mais próximo do chão, para que a criança consiga organizar a sua roupa 

♥ um espaço de leitura que consiga aceder sozinha, bem como acessórios de fantasia para que dê asas à imaginação e brinque ao "faz-de-conta" 

♥ um espelho e que fique bem preso à parede. O espelho é importante como facilitador da identidade da criança, ajudando a reconhecer o seu próprio rosto e os movimentos do seu corpo

♥ poucos brinquedos e deverão estar ao nível da criança. Deverão ser trocados de tempos a tempos para que não se canse dos mesmos e para que possa descobrir novas brincadeiras 

♥ fotografias da família ao nível dos seus olhos para que possa identificar as pessoas mais próximas

♥ cores aconchegantes que promovam a harmonia e tranquilidade que, consequentemente, se verão refletidas no sono do bébé (cores fortes não!) 


Claro que o ideal será pensarem e lerem sobre este e outros métodos e discutirem com os pais pois esta também é uma decisão que deve ser tomada a 2. Investiguem e informem-se acerca dos prós e contras pois o que será melhor é o que fizer mais sentido para vós e para as vossas crianças. Pelo menos, é assim que penso!